terça-feira, setembro 25, 2007

Fiz 27 anos dia 9 de Setembro

Estive doente logo na semana a seguir ao aniversário e depois com o trabalho acumulado não deu para acrescentar mais nenhum post.
27 anos!!!!!!!!!
Mais um ano de vida...
Engraçada a sensação que tenho tido ultimamente a cada ano que passa (pelo menos até agora!) é como se me sentisse cada vez mais identificada com quem sou. Não sei se me consigo fazer compreender! É como me sentisse mais eu, a cada ano que passa.
Chega-se à data de aniversário e parece ser obrigatório olhar para atrás e fazer um balanço. Parece que qualquer coisa interna a isso nos obriga!
Este ano foi um ano de progressos internos... aos olhos dos outros imperceptíveis eventualmente. Sei eu o quanto evoluí através da reflexão e auto-análise e das provas que entretanto a vida me propôs.
Em termos profissionais continuo estupidamente estacionária. Situação para a qual tenho que encontrar solução. Mas as mudanças não podem ser conseguidas todas duma vez. Tenho afinado a virtude de saber esperar! Além de que se ainda cá estou alguma coisa ainda tenho a fazer.
Fiz o segundo nível de Reiki...
Vi partir 3 pessoas muito especiais... a Irene e o Luís foram para Inglaterra, mais recentemente a Elka foi para Angola. Sempre comigo, trazem nestes momentos um ligeiro sabor de amargura... de saudade acrescida!
A minha relação com o Francisco está óptima... tocamos em conjunto uma melodia cada vez mais afinada. Só é triste a ausência mais acentuada que tem marcado a nossa relação nestes últimos tem tempos. E infelizmente isto tem-me marcado muito.
No dia do meu próprio aniversário dei por mim a passar o final de tarde e a noite sozinha... a chorar! Pesou-me um pouco a dor da solidão e tenho que admitir que me tem pesado durante este mês, mais do que nunca.
Fique aqui claro que eu passei o resto do dia dos meus anos sozinha não porque não tinha quem me fizesse companhia, mas por opção própria! Admito que foi um pouco de massoquismo, porque com quem eu queria passar o resto do dia estava longe.
Ultimamente ando um pouco sensível... isto porque tudo isto me tem levado a pensar que realmente uma das minhas provas nesta vida é passar estes períodos perlongados sozinha. Talvez seja um pré-requisito para a missão que tenho que levar a cabo. Mas é tão dura!!!
Bem, até dia dois de Outubro continuarei a viver sozinha com o meu gatinho e com o meu hamster... e depois o mais certo será mais Novembro, Dezembro e Janeiro, mais três meses! Por entre o resto que não está programado.
Deus quer que assim seja...
O que eu espero é que este novo ano de vida seja próspero... em colher frutos e em semear sementes para mais tarde colher novos frutos. E que Deus me dê forças para não sucumbir às adversidades...
O meu irmão mandou-me um mail que tinha uma imagem que adorei... a profundidade dos ensinamentos é muita e isto com o passar dos anos vamos tendo mais vontade de deitar cá para fora estas coisas que nos vão na alma. Identifiquei-me e vou partilhar para acabar com boa disposição o que já estava a ficar demasiado pesado.
Tem um palavrão, censurem se quiserem, eu acho que censurá-lo tirava-lhe a profundidade toda ;)
Um beijo!

1 comentário:

mariana honorato disse...

Hellloooo, td bem ctg?
Nunca tinha reparado que tinhas blog...e numa daquelas tarde k tens de inventar trabalho, descobriu-o!
Primeiro ponto: Parabéns!!! contes muito e sejas mt feliz!
Segundo ponto: por incrivel que pareça, identifiquei-me com o facto de queres passar sozinha... não acho massoquismo...sinto que a pessoa que realmente amas está longe e daí esse pequeno vazio.. ou seja: é bom teres um francisco, é sinal que amas e és amada.
Último ponto: é sempre confuso, e ás vezes até angustiante questionar-nos sempre... mas a evolução provem das constante provas que a "nossa cabecinha" nos propoem, algumas tem de ser superadas sozinhas, outras com quem nos acompanha nesta jornada... mas requer sempre positivismo, amor,liberdade, respeito e muita mas mesmo muita paciencia.
Gostei bastante do teu blog :)
beijinhos enormes