quinta-feira, maio 10, 2007

Meu amor... meus amigos...


"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."
Fernando Pessoa

A Nelly Furtado agora tem uma música em que põe a questão retórica: "Porque é que todas as coisas boas têm um fim?!"
Não sou nada apologista desta perspectiva...
Tudo na vida é um ciclo... de inicio e fim, nascimento e morte. Há coisas boas que até acabam, mas outras novas começam... sempre!!! Só temos que nos esforçar para semear coisas boas... além disso temos que aprender a olhar da forma certa e para os sítios certos. Aí de certeza que vamos notar quantas coisas boas nos acontecem diariamente!
Além do mais na nossa memória... no nosso coração... as coisas boas, mesmo que até tenham um fim, ficam perpetuadas.
Este carácter cíclico até é bastante apelativo se pensarmos naqueles períodos menos positivos da nossa vida... pois sabemos sempre que não tardará muito para tudo mudar! Como se costuma dizer, à noite sucede-se sempre o amanhecer!

Mas eu decidi escrever este post com um objectivo, homenagear a pessoa com a qual partilho a minha vida, o Francisco, e os meus amigos (não vou mencionar nomes... é desnecessário... quem é sente-o!!!)
Realmente a vida tem-me sido muito favorável neste sentido... tenho a fortuna de me ter cruzado e continuar a cruzar com pessoas extraordinárias.
Sou uma verdadeira afortunada!
Com vocês passo momentos inesquecíveis... acontecem entre nós coisas inexplicavelmente belas... e sabem porquê? Porque vocês são pessoas incomparáveis!!!
Só para dizer que vos amo muito e que me sinto lisongeada com a forma como me amam a mim!
Estarei sempre aqui para vocês... mesmo que esteja mal, sobrará sempre uma réstia de força para vos puxar para cima! Porque vocês são a fonte de toda a minha força...
E para merecer o vosso amor, sorrio para a vida, sem me preocupar com o amanhã; luto com unhas e dentes por aquilo que quero; e tento-me tornar a cada dia num ser ainda melhor.
Obrigado por tudo...

"A alegria adquire-se. É uma atitude de coragem. Ser alegre não é fácil, é um acto de vontade."
Gaston Courtois

2 comentários:

Cátia Preguiça disse...

Oi ...é só para te mandar um grande beijinho e dizer que adorei o teu blog....as palavras são lindas e essa foto do Garfield um espectáculo :)

beijos grs

Anónimo disse...

Como é bem ter o dom da palavra escrever e conseguir transmitir o que se sente, sem a sensação de que falta qualquer coisa ou que não é bem isto que sinto ou penso.
A vida é e será sempre um circulo perfeito e interminável.
Escolhi hoje lêr tudo o que escreveste, coisas com que concordo outras que discordo, o costume quando são pessoas diferentes que se encontram.
Relativamente à vida e ao que nos prende ou amarra (algo que todos sentimos mais ou menos na minha modesta opinião)eu acho que o que nos prende é o medo. O medo de não fazer acontecer, o medo de julgar, o medo de ser julgado, o medo de ficar sózinho, o medo de viver sem que nada aconteça ou aconteça mal, enfim os mais variados tipos de medo.
O que tento fazer é tentar ultrapassar esses meus medos e o dos outros também.
Umas vezes com sucesso outras não, mas mais uma vez e tal como a vida é um circulo interminável que vamos fazendo acontecer.